Switch de teclado mecânico: o que é e qual usar?

Já comentamos aqui a diferença entre os tipos de teclado, que podem ser: mecânico, semi mecânico ou de membrana. Quando escolhemos um teclado do tipo mecânico nos surpreendemos ao saber que nem todos são iguais. 😊

 

 

Essas diferenças se devem ao switch, o mecanismo de acionamento por molas desse tipo de teclado. Existem várias opções de switches no mercado e cada um serve para uma utilidade diferente. Isso acaba confundindo bastante os compradores que buscam um teclado mecânico. 


A dúvida é, qual escolher? Vamos te explicar agora qual a diferença entre eles, para te ajudar nessa escolha!

 

1. Tipos de switches de teclados mecânicos

Os switches em teclados mecânicos são vários e cada um tem respostas sonoras e táteis diferentes, de acordo com o mecanismo usado nas teclas. A principal diferença entre eles é a resistência da mola (força necessária para teclar). É fundamental escolher um tipo que se adapte à sua forma de digitar e aos objetivos de uso.


2. Principais switches Cherry MX

Os switches mecânicos Cherry MX são divididos, basicamente, em três categorias: lineares, táteis sem clique e táteis com clique.


Switches lineares

Os switches lineares têm o funcionamento mais simples de todas as categorias. Ao ser pressionada, a tecla faz um movimento linear até o fim, e volta para sua posição inicial da mesma maneira. Sem qualquer feedback tátil para saber se a tecla já foi acionada ou não. Os dois mais comuns são o Cherry MX Red e o Cherry MX Black.


As principais características do switch Cherry MX Red são:

  • Força de atuação necessária: 45 cN
  • Clique auditivo: não
  • Distância para ativação da tecla: 2mm
  • Distância até o fim da tecla: 4mm


Esse tipo é recomendado para quem: joga muito FPS; gosta de teclas leves; não é programador ou faz qualquer tarefa que exija muita digitação; não tem problemas com missclicks.


Já o switch Cherry MX Black é caracterizado basicamente por:

  • Força de atuação necessária: 60 cN
  • Clique auditivo: não
  • Distância para ativação da tecla: 2mm
  • Distância até o fim da tecla: 4mm


Ele é recomendado para quem: Gosta de teclas um pouco mais pesadas; joga muito todos os tipos de jogos; tem uma certa tolerância com missclicks.


Por último dessa categoria de switches lineares, temos o Cherry MX Silent. Suas características principais são:

  • Força de atuação necessária para o Silent Red: 45 cN
  • Força de atuação necessária para o Silent Black: 60 cN
  • Clique auditivo: não
  • Distância para ativação da tecla: 2mm
  • Distância até o fim da tecla: 3,7mm para ambos


Recomendado para quem: gostaria de um switch como o MX Red ou MX Black (dependendo da versão), porém mais silencioso.


Switches táteis sem clique

Os switches táteis sem clique funcionam de forma diferente à dos lineares. Existe um bump no primeiro momento em que a tecla é pressionada. Ao chegar nesse bump, será necessário aplicar um pouquinho mais de força para que a tecla seja ativada, dessa forma você sabe se a tecla foi ou não ativada e não irá cometer missclicks.


Um bom exemplo de switch tátil é o Cherry MX Brown. Ele é recomendado para quem: está entrando agora no mundo dos teclados mecânicos e quer evitar decepção; gosta de teclas leves; quer um meio termo para digitação e jogatina; quer saber com certeza se a tecla foi ativada ou não; gosta de teclas silenciosas.


Suas características principais são:

  • Força de atuação necessária: 45 cN
  • Clique auditivo: não
  • Distância para ativação da tecla: 2mm
  • Distância até o fim da tecla: 4mm


 Switches táteis com clique

Os switches táteis com clique funcionam de maneira similar à dos switches táteis sem clique. A diferença no funcionamento, como o próprio nome sugere, está no clique, que nada mais é do que um feedback auditivo. Ou seja, além do bump, você irá ouvir um “clique”, que informa a ativação da tecla.


O tipo mais conhecido é o Cherry MX Blue e suas características são:

  • Força de atuação necessária: 50 cN
  • Clique auditivo: sim
  • Distância para ativação da tecla: 2mm
  • Distância até o fim da tecla: 4mm


Recomendado para quem: adora o barulho dos deuses que esse switch faz; gosta de teclas levemente mais pesadas; tem digitação como algo importante no seu dia a dia; tem privacidade suficiente para não incomodar ninguém com o barulho.


3. Enfim, como escolher o switch ideal?

Bom, essas são algumas das possibilidades que você pode explorar no seu primeiro contato com teclado mecânico, então use essas dicas para ver qual características encaixam mais com a sua demanda e necessidade para que seu switch seja um aliado e não um rival do seu desempeno.


Mas, uma coisa que você tem que levar em consideração é que, uma vez que você se acostuma com um switch, não existe mais essa situação de “switch X é melhor para tal atividade”, porque muito provavelmente você vai se adaptar a ele com o tempo, então escolha o que pode te ajudar mais, já sabendo no que ele te favorece de antemão.


4. Detalhe para os gamers

Um diferencial importante para os gamers é a camada de resina coberta de cobre. Com ela, diversas teclas podem ser pressionadas e registradas ao mesmo tempo — bastante útil em jogos em que é preciso inserir diversos comandos em sequência.


E se você for um desses ou apenas um entusiasta e quer saber onde encontrar os melhores teclados gamers com um preço ótimo? É só clicar aqui e te mostraremos várias opções para te ajudar nessa jornada!

Sobre a loja

Melhores preços em Impressoras, Caderno Inteligente, Suprimentos, Câmeras, Acessórios Gamer, Eletrônicos e muito mais! Parcele em até 10x sem juros e receba em qualquer lugar do Brasil.

Social
Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
  • PagSeguro V2
Selos

Maxco Comercial de Produtos de Escritorio Eireli - CNPJ: 32.392.393/0002-01 © Todos os direitos reservados. 2022